Primatas x Paineiras/Corcovado

Unidade de Conservação em que o trecho está inserido: Parque Nacional da Tijuca

Orientação Fácil
Nível de esforço Moderada
Exposição ao risco Pequena
Insolação Baixa

Distância: 5,5km (do asfalto na Rua Sarah Villela até a estátua do Corcovado) Duração: 03h00

Desnível positivo: 450m Desnível negativo: 112m

Altitude inicial: 192m Altitude máxima: 561m (714m no Corcovado)

Água potável: Sim Sinalização no sentido Guaratiba-Pão de Açúcar: Sim Sinalização no sentido Pão de Açúcar- Guaratiba: Sim Presença de trecho de escalaminhada: Sim

Pontos de interesse: Cachoeiras, Mirantes, Monumentos históricos

Faça aqui o download do tracklog
Faça aqui o download do mapa do trecho

Perfil altimétrico (clique para ampliar):

Distância entre as atrações do trecho e trechos seguintes:

Da Rua Sarah Villela até a Trilha Transcarioca (Bifurcação Gruta/Primatas): 450m

No sentido Pão de Açúcar (Leste):

Da Bifurcação Gruta/Primatas (saída da rua Sarah Vilella) até:

  • Bifurcação Primatas/Paineiras e Corcovado: 400m
  • Cachoeira dos Primatas: 450m
  • Mirante da Lagoa: 650m
  • Estrada Colonial do Rio Cabeça: 1,5 km
  • Figueira Centenária: 3 km
  • Bifurcação Hotel Paineiras: 3,5 km
  • Hotel Paineiras: 3,9 km
  • Bifurcação da Trilha do Corcovado/Parque Lage: 4 km
  • Trilhos: 4,1 km
  • Corcovado: 5,1 km
  • Parque Lage (com ida ao Corcovado): 8,8km
  • Parque Lage (sem ida ao Corcovado): 6,7 km

No sentido Barra de Guaratiba (Oeste):

Da Estátua do Cristo até:

  • Trilhos: 1 km
  • Bifurcação Parque Lage/ Primatas: 1,1 km
  • Bifurcação Hotel Paineiras: 1,5 km
  • Saída Paineiras (via Hotel): 1,9 km
  • Figueira Centenária: 2,1 km
  • Bifurcação Vale Rio Cabeça/Primatas: 3,6 km
  • Mirante da Lagoa: 4,4 km
  • Cachoeira dos Primatas: 4,6 km
  • Bifurcação Cachoeira da Gruta/Saída rua Sarah Villela: 5 km
  • Saída Sarah Vilela (asfalto): 5,5 km

Ponto de entrada oeste:

Largo final da rua Sarah Villela (Horto)

Ponto de entrada leste:

Estrada de acesso ao Corcovado

Atrações:

Cachoeira dos Primatas, Mirante da Lagoa, Estrada Colonial do Vale do Rio Cabeça, Hotel da Paineiras e Corcovado.

Informações:

Este trecho da Trilha Transcarioca é a melhor opção para quem quer chegar ao Cristo Redentor caminhando em meio à verdejante Mata Atlântica, passando por duas cachoeiras, uma estrada colonial e dois mirantes de cair o queixo. De bônus ainda há grandes chances de encontros com micos–estrela ou com macacos-prego. Mas atenção: a trilha, apesar de contar com excelente manutenção e sinalização feita pela equipe de monitores de trilhas do Parque Nacional da Tijuca com a colaboração voluntária da ECOTRIBO e do Grupo Terralimpa, é longa e íngreme. Para chegar confortavelmente ao destino, comece sua caminhada sempre na primeira metade da manhã.

Saindo do largo final da rua Sarah Villela siga as setas amarelas (se você estiver descendo em direção à rua Sarah Villela as setas vão ser brancas). Em quinze minutos, a trilha de acesso vai cruzar o leito principal da Trilha Transcarioca. A partir daí a sinalização passa a ser a das botinhas que são o símbolo da trilha Transcarioca (veja aqui). Mais dez minutos e você vai chegar à primeira Cachoeira dos Primatas. Logo a seguir, na bifurcação, aconselha-se subir a esquerda para banhar-se na ducha da segunda Cachoeira dos Primatas antes de retroceder à bifurcação e voltar e avançar pela Trilha Transcarioca, onde vamos passar pelo belíssimo Mirante da Lagoa, até chegar ao Vale do Rio Cabeça. Esse trecho é muito frequentado por tropas de macacos, que fazem um barulhão ao balançar galhos e pular de árvore em árvore. Com um pouco de sorte, também será possível ver um tucano.

No Vale do Rio Cabeça, a trilha ganha história. Seu leito, todo em pé de moleque, segue acompanhando as linhas de altitude. O caminhante mais atento vai notar muros de contenção, pisos de casas antigas e pontes de pedra. Esse caminho foi construído para escoar o café e outros produtos das Paineiras até a Chácara do Rio Cabeça (que ganhou esse nome por que se acreditava que suas águas eram capazes de curar os sintomas da enxaqueca). Segundo Maria Graham escreveu no princípio do século XIX, o Vale do Rio Cabeça estava plantado com “extensos cafezais, intercalados por numerosas laranjeiras, limoeiros, e outros arbustos que parecem antes uma variedade das matas do que a mescla de terreno cultivado com terreno selvagem”.

Graças ao diligente trabalho de Thomás Nogueira da Gama, essa área foi toda reflorestada a partir de 1862. Um olhar mais cuidadoso, contudo, ainda será capaz de identificar aqui e ali espécies exóticas como a jaqueira e um ou outro pé de café. Próximo às Paineiras, a estrada passa junto a uma figueira milenar, cujo tronco acredita-se ser o maior em toda a Trilha Transcarioca.

Já quase no final, o caminhante vai passar por duas bifurcações. Ambas estão bem sinalizadas. Na primeira deve-se seguir à direita, enquanto na segunda vamos sair do eixo principal da Trilha Transcarioca e virar à esquerda, sempre obedecendo as tabuletas onde está escrito “Corcovado”. Depois de atravessar a linha férrea são mais dez minutos pela estrada do Redentor até a estátua do Cristo Redentor.

Para descer, há várias opções: (1) pela Trilha Transcarioca, até o Parque Lage; (2) de van; (3) a pé pela estrada de asfalto e (4) de bondinho.

Obs: há um trecho de escalaminhada entre o Corcovado e o Parque Lage.

Galeria de fotos:

Adotante:
Ecotribo e Grupo Terralimpa

Site/Facebook do adotante:
http://www.ecotribo.com.br/
http://terralimpatv.blogspot.com.br/

1 Comentários

Quer ajudar nesse trecho ou relatar problemas (manejo, vandalismo de tabuletas, pichação, ausência de sinalização, obstrução, lixo entre outros)?

XHTML: Você pode usar esses códigos para formatar seu comentário <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>