Como Navegar na Transcarioca

A sinalização utilizada na Trilha Transcarioca segue padrão internacionalmente testado e tem sido usada com sucesso no Parque Nacional da Floresta da Tijuca há mais de 15 anos onde, depois dos trabalhos de sinalização em 1999-2000, a média de pessoas perdidas em suas trilhas caiu de mais de cem para menos de cinco por ano.

Recentemente, o mesmo padrão foi adotado por outras Unidades de Conservação brasileiras, como o Parque Nacional da Chapada dos Veadeiros e o Parque Estadual mineiro da Serra do Papagaio.

Ao caminhar na Trilha Transcarioca Você vai encontrar algumas sinalizações diferentes:

A principal delas, que é a que nos interessa aqui, é a sinalização direcional, cujo objetivo é evitar que o montanhista se perca e pode ser de dois tipos:

  • A logomarca da Trilha Transcarioca (uma sola de bota de caminhada) pintada diretamente em árvores ou rochas:

– No sentido Oeste-Leste (Guaratiba-Pão de Açúcar): a sola de uma bota amarela pintada sobre um retângulo preto (Sinalizações antigas ainda não têm o retângulo preto;

– No sentido Leste-Oeste (Pão de Açúcar-Guaratiba): a sola de uma bota preta pintada sobre um retângulo amarelo.

sinalizacao-01

Como o nome diz, a sinalização direcional aponta a direção e o sentido que o montanhista deve seguir.

– Se bota estiver em pé siga em frente;

– Se a bota estiver deitada para a direita, vire à direita;

– Se a bota estiver deitada para a esquerda, vire à esquerda.

Algumas vezes, a bota estará acompanhada de uma seta que reforça a direção a ser seguida.

sinalizacao-03 sinalizacao-02

Logo após as bifurcações, já dentro da opção correta a seguir, há uma bota pintada em árvore ou rocha que serve para confirmar que aquele é o caminho certo. Também, de tempos em tempos, ao longo da Trilha Transcarioca há botas pintadas em árvores ou rochas que têm o objetivo de confirmar para o montanhista que ele está no caminho correto.

sinalizacao-04

(2) Tabuletas de madeira em forma de setas:

Em algumas bifurcações, além da sola da bota pintada sobre uma árvore ou rocha, o montanhista também vai ver uma tabuleta de madeira em forma de seta indicando o caminho correto a seguir.

As setas de madeira mostram a direção a seguir, além do nome do próximo (ou próximos) principais destinos. Algumas vezes, as setas de madeira também indicam as distâncias em quilômetros (e algumas vezes em minutos) até os respectivos destinos, que podem, por exemplo, ser o próximo ponto em que a trilha cruza o asfalto, uma cachoeira, uma ruína ou um mirante.

sinalizacao-06

sinalizacao-05

Há um esforço para que todas as bifurcações tenham pelo menos uma tabuleta e uma sinalização pintada. Para reduzir o vandalismo, as tabuletas normalmente são colocadas em lugares altos, portanto nas bifurcações, se Você não encontrar uma tabuleta imediatamente, procure em altura superior a dois metros. Se mesmo assim não encontrar nenhuma tabuleta, tente localizar a pintura da logomarca da Trilha Transcarioca (sola da bota).

Em alguns destinos, foi feito um esforço para colocar tabuletas retangulares com o nome do destino, e muitas vezes, sua altitude:

sinalizacao-09 sinalizacao-08

Por fim, ao longo da Trilha Transcarioca, sempre que houver setas brancas pintadas sobre árvores ou rochas, elas indicam uma saída para o asfalto.

sinalizacao-10

Apesar do esforço feito pelos voluntários e profissionais que cuidam da Trilha Transcarioca, vandalismo e deterioração natural são comuns na Mata Atlântica, portanto é provável que algumas sinalizações tenham sido furtadas ou tenham se quebrado ou deteriorado pela ação do tempo. Além disso, temporais e quedas de árvore, que são fatos comuns na Mata Atlâtica, com frequência bloqueiam a trilha e escondem o caminho certo. POR ESSAS RAZÕES, O FATO DA TRILHA TRANSCARIOCA ESTAR SINALZIADA NÃO É GARANTIA QUE VOCÊ NÃO VAI SE PERDER, NEM EVITA ACIDENTES NO MATO. PARA CAMINHAR NA TRILHA TRANSCARIOCA, A CONTRATAÇÃO DE UM GUIA DE ECOTURISMO É FORTEMENTE RECOMENDADA.

Para maiores informações sobre sinalização em trilhas e bibliografia técnica sobre o tema consulte http://sinalizetrilhas.wikiparques.org/