Maria Clara Lobo, atleta do nado sincronizado, visita a trilha

Depois de ser incluída no Passaporte Verde Olímpico, a Trilha Transcarioca começa a atrair também os atletas brasileiros e estrangeiros.

A conexão do carioca com a natureza da cidade, em especial através da Trilha Transcarioca, será abordada pelo canal olímpico da Rio 2016. Ontem foi dia de gravação de uma matéria de um canal de TV canadense com a atleta do nado sincronizado Maria Clara Lobo.

Na reportagem, a atleta aparece no Parque Nacional da Floresta da Tijuca, no trecho da Trilha Transcarioca entre a Mesa do Imperador e a Vista Chinesa, finalizando depois no famoso Jequitibá, no trecho Jequitibá x Cachoeira da Gruta.

Foi um grande prazer Maria Clara. Tenha certeza que todos os Amigos da Trilha Transcarioca estarão participando desse grande movimento na torcida por você, e pelo nosso nado sincronizado!

Trilha Transcarioca e a Bruce Trail

Está programada para os próximos meses, a assinatura de um termo de geminação entre a Trilha Transcarioca e a Bruce Trail, no Canadá.

A Bruce Trail é a trilha de longo curso mais antiga do Canada, com 890 km sinalizados desde as Cataratas do Niagara até a localidade de Tobermory, no Bruce Peninsula National Park.

A Trilha é mantida por 1.500 voluntários, organizados em nove clubes que se congregam em torno da The Bruce Trail Conservancy.

O acordo de geminação prevê a troca de informações sobre manutenção e sinalização e a possibilidade de intercâmbio de profissionais dos Parques ligados por ambas as trilhas bem como de voluntários brasileiros e canadenses.

Saiba mais sobre a Bruce Trail no site da trilha.